Sensory-properties-of-wheat-varieties-being-ignored

NEWS: Dietas sem glúten só são recomendadas para celíacos ou intolerantes

It's only fair to share...Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Pin on Pinterest0

NEWS: Dietas sem glúten só são recomendadas para celíacos ou intolerantes

Um estudo recente, publicado na conceituada revista médica britânica BMJ, contraria as tendências atuais das dietas sem glúten ou dietas com a sua restrição, em indivíduos sem qualquer tipo de intolerância ou patologia diagnosticada clinicamente, nomeadamente doença celíaca.

O estudo revela que a dieta sem glúten apenas deve ser aconselhada em pessoas com intolerância, alergia ou doença celíaca diagnosticada. Ainda, este estudo indica que a restrição do glúten na dieta (nutriente presente em cereais como o trigo, centeio, cevada e aveia não certificada), pode ter como consequência a diminuição da ingestão de cereais e grãos integrais o que pode contribuir para o aparecimento de doenças cardiovasculares e até levar à carência de determinado tipo de nutrientes, risco que não se justifica caso não exista patologia ou intolerância associada ao glúten.

Assim, este estudo veio reforçar outros que indicam que o glúten não deve ser retirado da alimentação, se não existirem alterações gastrointestinais ou outros sintomas associados à ingestão de alimentos que o contenham, já que isso não traz qualquer benefício para a saúde, a menos que tenha sintomas associados à sua ingestão. O número de pessoas que começou a retirar o glúten da alimentação (sem uma justificação com base em sintomatologia ou doença) tem vindo a aumentar com base na crença de que o glúten pode ter efeitos prejudiciais para a saúde, algo que não está provado ou sustentado cientificamente.

Como qualquer tema muito falado na internet e comunicação social, a tendência é surgirem informações incorretas. Se existem pessoas que deveriam excluir o glúten, mas desvalorizam os seus sintomas e não procuram o diagnóstico correto, existem outras tantas que partem para essa decisão sem necessidade. Para não correr riscos com a sua saúde que podem ser desnecessários, antes de alterar o seu regime alimentar, consulte sempre um nutricionista a fim de perceber a melhor forma de se alimentar sem comprometer a sua saúde. Se tem sintomas adversos associados ao consumo de alimentos com glúten, não o restrinja da sua alimentação sem antes consultar um médico e realizar os testes necessários.

Facebook Comments