P_20170223_171447_1

Queijo fresco com fruta “assada”

Apetece-lhe um lanche diferente, rápido e saboroso? Sugerimos-lhe esta opção bastante saciante graças ao seu teor proteico e em fibra.

Ingredientes (1 porção)

1 queijo fresco magro (cerca de 63g)

1 maçã pequena

1 pera pequena

Preparação (10min)

Lavar bem a pera e a maçã, deixar a casca, cortar em quartos e retirar o caroço. | Levar ao micro-ondas cerca de 2 minutos num recipiente próprio, com tampa, mas que deixe sair algum vapor. | Deixar arrefecer alguns minutos. | Retirar o queijo fresco da embalagem, escorrer o líquido e cortar em quatro partes. | Num recipiente juntar todos os ingredientes e está pronto a servir.

Valor nutricional (por porção)

127 kcal | 8g de Proteína | 2g de Gordura Total | 17g de Hidratos de Carbono | 3g de Fibra

unnamed

Trigo sarraceno com Cogumelos e Pimento

Farto dos acompanhamentos habituais? O trigo sarraceno é uma opção excelente, rica em fibra e com um sabor bastante característico e diferente. É um bom acompanhamento para estufados e guisados (saudáveis), que contenham molho. Experimente!

 Ingredientes (3 porções)

100g de trigo sarraceno

1 lata de cogumelos laminados

Um quarto de pimento vermelho

1 dente de alho

1 colher de sobremesa de azeite

Sal q.b.

 Preparação (15min)

Lavar e picar o alho e o pimento.| Num tacho, colocar o alho, o azeite e o pimento e colocar em lume brando. | Lavar os cogumelos e juntar. | Adicionar o trigo sarraceno e água até cobrir. | Ir mexendo de vez em quando e adicionar água se necessário. | Desligar quando o trigo estiver cozinhado. | Bom apetite!

 Valor nutricional (por porção)

97 kcal | 3g de Proteína | 6g de Gordura Total | 7g de Hidratos de Carbono | 3g de Fibra

ice-cream-cone-1274894_960_720

Dieta? Agora? Segundo as minhas previsões, só lá para Setembro…

Nunca vos aconteceu decidirem, muitas vezes após uma semana de mais excessos, que a partir de determinado dia vão comer melhor, evitar certas coisas e ir ao ginásio regularmente e, ao chegar a casa, alguém se lembrou de pedir pizza ou comprou uma caixa de gelados? Este pode ser o problema do ano inteiro… Quando entramos em Junho a conversa é outra.

Ora bem, em Junho visto o primeiro bikini (ou talvez antes quando o tempo o permite) e chego à conclusão: abusei no inverno, vou passar o verão a saladinhas e batidos de fruta. Mas depois penso nos gelados… e nos petiscos… nas bolas de berlim… e na ausência de horas para comer porque se fica na praia até à noite ou porque se acorda à hora de almoço.

Mas o verão também tem as tais saladinhas, fruta fresca e batidos e na próxima semana eu começo o tal regime, afinal não custa assim tanto: está calor, tenho menos fome, até bebo mais água!

Mas calma, lembrei-me dos santos populares, ninguém se fica só por uma bifana ou sardinha no pão, e depois uma cerveja a acompanhar, e 2 ou 3 e ainda vendem churros nos locais de festa…. Pensando bem, depois dos santos populares (que às vezes prolonga-se para lá do mês de junho) dou início à dieta.

Julho… pois, em julho todos os fins-de-semana alguém faz anos e há jantares, já vou à praia mais vezes, muitas bolas de Berlim a passar (e sem creme não tem piada). Adiaremos então para Agosto.

Agora é que é! Em agosto já não há mais nada, tirando aqueles 15 dias no Algarve… Bem, 15 dias a comer grelhados e saladas não faz mal. Mas alguém se lembra de juntar a sangria, a entremeada, as batatas-fritas, a fruta (sim, em demasia também engorda) e pronto… lá terá de ficar para Setembro.

E estamos nisto, chega a Setembro e como os dias de praia já são mais escassos, o pneuzinho não sai à rua tantas vezes. Já posso comer o que me apetece!

Enfim, o melhor mesmo é manter a linha o ano todo para poder abusar pontualmente nos almoços e jantares que, afinal, estão presentes a qualquer altura. Um dia não são dias mas o verão tem muitos dias de gula… É certo que comer bem não é apenas para caber no bikini novo mas também uma questão de saúde, no entanto, mulheres desse lado que coloquem a mão no ar ao mesmo tempo que estão a ler isto, quem é que sofre de ansiedade por querer perder os 5kg em Maio quando devia ter pensado nisso em Janeiro? “Too late”

shutterstock_212595865

NEWS: Nova aplicação desenvolvida por estudantes ajuda a comprar alimentos de acordo com as suas restrições

Foi criada por alunos da Faculdade de Engenharia do Porto e tem como principal objetivo auxiliar pessoas com restrições alimentares a escolherem e a comprarem alimentos de forma segura. A aplicação permite alertar os consumidores sobre os produtos potencialmente perigosos e que os podem colocar em risco.

Chama-se “Nutrisafe” e fornece dados sobre a informação nutricional e ingredientes do produto. Tem ainda o sistema de “semáforo nutricional” onde o consumidor poderá ver teor de açúcar, sal e gordura.

Além de todas as funções acima mencionadas, permite a sua personalização no sentido em que alerta as pessoas para a eventualidade o produto não ser seguro, tudo de acordo com as configurações do perfil do utilizador e as suas restrições alimentares.

Numa era em que a tecnologia assume um papel importante na sociedade, este tipo de iniciativas e serviços são uma mais-valia por se revelarem benefício direto nas pessoas. Contribui ainda para a literacia em saúde já que estes serviços permitem sempre a passagem de conhecimento e permitem ao consumidor fazer uma escolha informada e, neste caso, personalizada e de acordo com as suas restrições alimentares.

A equipa Nutrihome dá os parabéns a todos os envolvidos na criação desta aplicação!

P_20170218_143913_DF

Kebabs de frango com gengibre

Esta receita torna o peito de frango delicioso e fresco. Rápida e apropriada para fazer com crianças, é uma opção saudável e muito saborosa para um alimento clássico do dia a dia, que é o frango.

Ingredientes (4 porções)

3 peitos de frango

Sumo de 1 laranja

Gengibre (3 a 4cm)

2 dentes de alho

Sal q.b.

1 folha de louro picada

Preparação (30min)

Lavar os peitos de frango e cortar em cubos. | Espremer 1 laranja, picar os alhos e o louro e adicionar ao franco, juntamente com o sal. | Descascar e ralar o gengibre e juntar ao frango. | Reservar por, pelo menos, 15minutos. | Colocar os cubos de frango em paus de espetada e levar ao grelhador ou frigideira (sem adição de gordura). | Pronto a servir!

Valor nutricional (por porção)

162 kcal | 22g de Proteína | 6g de Gordura Total | 3g de Hidratos de Carbono

Pregnant woman touching abdomen

Para grávida, estás ótima!

Apesar de ouvir esta frase muitas vezes, ainda me debato sobre o que querem dizer com ela. Quem a pronuncia denuncia aquele tom na voz que é um misto entre compaixão e mentira descarada. Depois, é olhar para a grávida e ver nos olhos dela uma mistura de alívio e tristeza – afinal estou ótima, só estou grávida!

O pânico de (quase) todas as grávidas

Sim, eu sei! Grávida sofre! E não, não estou a ser irónica! Passem por elas que saberão! Por isso, queridas grávidas, se se identificam com a descrição abaixo, usem os vossos superpoderes de quem carrega outro ser durante 9 meses para passarem pelos buracos da chuva do tão temido aumento excessivo de peso.

Normalmente a crise existencial começa quando passa um mês inteiro e eis que chega o dia da consulta! O horror para quem (bem lá no fundo) sabe que está tramado e vai ouvir do(a) médico(a) o “raspanete” merecido. Quando a grávida ouve as palavras “vamos subir para a balança”, é ver subir um nervoso miudinho pelas pernas acima e levantar da cadeira subitamente custa muito mais do que ver os pés para cortar as unhas ou subir vinte andares de escadas. Com a lentidão que o cérebro de grávida proporciona a qualquer mulher, começa um debate interno:

“É agora que se vai saber do gelado que comi todos os dias a seguir ao almoço, das chamuças e dos croquetes ao lanche e daquelas doses industriais de massa que me confortaram as noites, OMG, é AGORA! Pensa, pensa rápido. Podes culpar as pernas inchadas. Afinal ficam sempre uns trambolhos ao final do dia. É isso mesmo! Os 5kg que aumentei este mês são única e exclusivamente culpa dos líquidos! Ufa, estou safa!”

Eis que sobe um pé, e depois o outro, com vontade de deixar os calcanhares e uns quilinhos de fora. E não, não vale culpar a balança de ponteiros completamente descalibrada que (quase) todos os consultórios médicos têm. Afinal, a primeira pesagem foi ali, a segunda e a terceira também, e todas as outras serão. Deixem lá, se vos serve de conforto, as nossas balanças híper mega xpto também iriam acusar a mesma coisa. Simplesmente não vale comer por dois! Mesmo quando se quer fazer batota só porque ninguém está a ver. Mesmo com as hormonas loucas, que deveriam era estar internadas num hospício, e que usam aquela vozinha esquizofrénica que leva qualquer grávida a comportamentos bipolares.

Os outros… que adoram opinar

Por solidariedade com todas as grávidas que estejam desse lado, deixo uma mensagem. Pais, mães, avós, tios e amigos chegados: a gravidez pressupõe aumento de peso! Se acham que esse aumento está a ser excessivo, deixo-vos duas recomendações: primeiro, pensem muito bem antes de proferir qualquer frase e meçam todas as palavras; segundo, preparem-se para uma crise de riso, seguida de uma crise de choro, seguida de uma crise de pânico, seguida de uma crise de ódio, seguida de uma crise qualquer que, acreditem, a grávida vai sentir. Nestes momentos, o silêncio e sair de fininho são a vossa melhor opção.

Colegas do trabalho e pessoas que não se vêm há séculos e que se encontram na rua por mero acaso: abstenham-se de comentários deprimentes e maliciosos! Se acham que a grávida está “cheiinha” guardem para vocês essa informação. Caso contrário, arriscam-se a levar com um sorriso 33 ou com qualquer coisa que a grávida tenha à mão.

Grávidas deste mundo: vocês conseguem estar ótimas e grávidas ao mesmo tempo! Sintam-se com poder para dizer “Eu estou ótima e sim, estou grávida!”.

refrigerante-diet

NEWS: Resultados da aplicação da nova taxa nos refrigerantes e bebidas açucaradas

Já lhe tínhamos dado conta da nova legislação, num artigo anterior. Hoje falamos dos impactos da medida de taxação sobre as bebidas açucaradas nos hábitos de consumo e, consequentemente, na saúde dos portugueses.

A nova lei entrou em vigor no mês de fevereiro e, desde então, tem se registado uma diminuição substancial do consumo de bebidas com açúcares e adoçantes, sendo que nas bebidas com maior teor de açúcar a quebra foi de 72% (dados do ministério da saúde).

Nos produtos com mais de 80g por litro, verificou-se, no mês de abril, uma quebra de 29 milhões de litros para 8 milhões, o que é uma redução considerável ao nível do consumo.  O mesmo não aconteceu com as bebidas com até 80g de açúcar por litro, sendo a redução menos exacerbada de 35 milhões de litros mensais parA 32 litros.

Os resultados apresentados são provisórios e novos dados serão divulgados em breve. No entanto, estima-se já que o Estado angarie cerca de 80 milhões de euros com a medida aplicada, dinheiro este aplicado diretamente do Serviço Nacional de Saúde.

Este novo imposto abrange desde bebidas sem álcool mas com açúcar ou outros edulcorantes adicionados (como refrigerantes, chás ou águas gaseificadas) até às bebidas com um teor de álcool superior a 0,5% por volume e inferior a 1,2%.

Além das receitas do estado que irão ser aplicadas na saúde, esta medida está a permitir a diminuição drástica do consumo deste tipo de bebidas, que muitas implicações têm ao nível da saúde, por terem um pobre conteúdo nutricional e um elevado teor calórico e em açúcares. Medidas como esta, já adotadas anteriormente por outros países europeus, revelam-se uma mais-valia na prevenção de maus hábitos de consumo alimentar permitindo também às entidades estatais de poderem prevenir gastos associados à saúde e de canalizarem o rendimento inerente às taxas para aplicar na saúde e nas áreas alusivas que necessitam de maior investimento financeiro e reformas.

P_20170228_140947_DF

Caldo de Aves caseiro

A equipa Nutrihome não é apologista da utilização de quaisquer caldos, sejam de carne, vegetais, peixe, … No entanto, compreendemos que, para quem sempre lhes recorreu, seja difícil deixar de utilizar. Assim, deixamos uma opção intermédia: o caldo caseiro. Em comparação com os caldos que encontra no supermercado, esta receita dá-lhe um caldo com um sabor menos forte, mas mais caseiro, sem aditivos e com qualidade.  Para obter o sabor de caldo de aves, utilizamos a carcaça (ossos) do frango, à qual retirámos o peito (para outras receitas fabulosas). Parece estranho, mas fornece todo o sabor e é uma parte que já não tem qualquer gordura visível e pouca gordura na composição.

Ingredientes (14 porções)

1 carcaça de frango

1 cenoura média

1 cebola média

1 alho francês

2 dentes de alho

1 colher de chá de azeite

1 folha de louro

Sal q.b.

Meia colher de café de cominhos

Pimenta q.b.

Água q.b.

Preparação (45min)

Descascar, lavar e cortar às rodelas grossas a cenoura, cebola e alho francês. | Num wok ou frigideira alta, colocar o azeite, a carcaça do frango e os vegetais. | Acender o lume. | Deixar saltear cerca de 1 ou 2 minutos, mexendo bem. | Juntar o louro, sal, cominhos e pimenta e envolver nos ingredientes. | Adicionar água a ferver até cobrir totalmente. | Ferver até reduzir para metade. | Caso queira mais concentrado, ferver mais um pouco. | Deixar arrefecer e colocar numa cuvete de gelo. | Congelar. | Está pronto para adicionar às receitas que quiser.

Valor nutricional (por porção)

17 kcal | 1g de Proteína | 1g de Gordura Total | 0,7g de Hidratos de Carbono

let-it-sit

Por falar nisso, o que é a Kombucha?

A Kombucha é uma bebida que tem ganho protagonismo e cada vez mais são os que aderem à moda que parece ter vindo para ficar. Mas será esta moda assim tão saudável?

Esta bebida originária do Oriente é considerada pelos chineses como o “elixir da imortalidade”. O fenómeno da sua popularidade é recente, pelo que ainda são necessários mais estudos a fim de se comprovar os benefícios e efeitos na saúde. No entanto, não foram ainda registados efeitos adversos associados ao seu consumo.

A Kombucha resulta de um processo de fermentação do chá preto ou verde com a adição de bactérias, leveduras e açúcar (substrato para os microorganismos). Pode ainda ter sabores, como framboesa, romã, coco, entre outros, consoante o que for adicionado durante o processo de fermentação. É considerado um alimento probióticos e rico em minerais e vitaminas, nomeadamente do complexo B e ácidos orgânicos (acético, glucónico e láctico) com efeitos benéficos no organismo e ao nível do sistema gastrointestinal.

Quanto aos benefícios, ainda que sejam necessários mais estudos para comprovar a sua total eficácia, são conhecidos os seguintes:

  • Favorece o bom funcionamento gastrointestinal
  • Contribui para a saúde do estômago e atua como cicatrizante em úlceras gástricas
  • Promove e fortalece o sistema imunitário
  • Melhora os processos de reparação dos tecidos articulares

É uma bebida ligeiramente gaseificada, com um sabor ácido e adocicado ao mesmo tempo. Deverá ter especial cuidado se tiver hipertensão arterial, diabetes, estiver grávida ou amamentar e, nesse caso, deverá sempre consultar um profissional de saúde antes de a incluir na sua alimentação.

santos-populares

Agora que acabou, vamos falar sobre a bipolaridade do mês de maio?

No outro dia uma amiga enviou uma foto que me deixou horas a rir: na imagem via-se uma rapariga que de segunda a domingo vestiu desde um sobretudo com um gorro até às orelhas, a calções com chinelos. Por isso, agora que acabou, vamos falar sobre a bipolaridade do mês de maio?

É que a loucura não se ficou sobre o que vestir todos os dias de manhã e se voltávamos a tirar toda a roupa de inverno que já tinha sido arrumada. Repararam o quão difícil foi planear as compras do supermercado? Ou simplesmente decidir o que deixar a descongelar para o jantar? Houve dias em que se acordou no Inverno a apetecer comer uma bela feijoada e as noites eram de Verão onde uma salada chegava perfeitamente para satisfazer os apetites mais vorazes. Houve outros dias em que se acordou de manhã com um sol maravilhoso e se combinou uma caracolada ao final do dia com os amigos, numa bela de uma esplanada, e a chuva e a trovoada mandou-nos encharcados e a tiritar de frio para a tasca comer um bitoque.

Ponha a mão no ar quem é do tempo de maio ser uma amostra deliciosa do Verão que nos espera! De chegarmos a dia 31 e a probabilidade de termos um belo bronze era infinitamente maior do que o mesmo acontecer em Abril, águas mil.

Já há tantas coisas que nos enlouquecem nesta vida que será que é pedir muito, São Pedro, que não nos presenteies com estas surpresas? Vá lá, os santos estão aí a aparecer, a malta quer é bailaricos e sardinha assada e olha que isso é saudável por isso não venhas com argumentos nutricionais para culpabilizar a insanidade do tempo.